Quinta-feira, 21 de Junho de 2007

A REN com preço

A REN foi avaliada entre 1238 e 1449 milhões de euros, valor implícito no intervalo de preços hoje aprovado em Conselho de Ministros de 2,35 euros a 2,75 euros para a venda de 19% do seu capital a concluir dia 10 de Julho. O prospecto será divulgado amanhã pela Comissão de Mercado de Valores Imobiliários (CMVM).

 

O Estado pode receber entre 235 e 275 milhões de euros com esta operação, um montante que está na ordem de grandeza do orçamento do Ministério do Ambiente, o terceiro mais pequeno deste Governo (o primeiro é a Cultura e o segundo a Economia).

 

Títulos de empresas como a REN, com um negócio estável, suscitam em regra o interesse de fundos com perspectivas de médio e longo prazo, como acontece com os fundos de pensões. São activos que geram recursos relativamente previsíveis.

 

Depois do sucesso que foi - mais para quem investiu do que para o Estado que vendeu - esta pode ser mais uma operação a entusiasmar os investidores.

Temas: ,
Publicado por Helena Garrido às 23:07
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Contacto

helena_garrido@sapo.pt

Entradas recentes

...

FMI: muitas medidas, pouc...

Inflação e lei laboral

O adeus a Tony Blair

Flexisegurança, Portugal ...

O preço da (in)justiça so...

O maravilhoso mundo novo

Sarkozy e a vantagem de s...

Privatização da REN com p...

E assim se cumpriu o dest...

Temas

aeroporto

automóvel

banca

bce

bcp

conjuntura

desemprego

desigualdade

edp

educação

emprego

energia

flexisegurança

governo

inflação

media

ota

saúde

semana prevista

união europeia

todas as tags

Pesquisar

 

subscrever feeds